Ações do Grupo de Apoio ao Desempregado (GAD)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Tirar vantagem de uma situação ruim e ver o lado bom de todas as outras coisas que lhe ocorrerem. Esse foi o contexto utilizado durante a sessão do Grupo de Apoio ao Desempregado (GAD), que ocorreu nesta quarta-feira (11), no Bairro Quietude, e, teve como tema ‘Perdi meu emprego, e agora!’.

O Grupo de Apoio ao Desempregado (GAD) foi criado pela psicóloga Luciana Arrizabalaga Rodrigues Pereira e pela gestora de Recursos Humanos Lenir Santana, em parceria com a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Trabalho (Sedettra) . As sessões consistem em orientar os participantes a se portarem nas entrevistas, a elaborarem um bom currículo e como se manter no novo emprego.

De acordo com a auxiliar de Gabinete da (Sedettra), Gilmara Souza, a proposta é preparar os moradores para o mercado de trabalho, oferecendo cursos em diversas áreas. “O curso de requalificação está sendo oferecido para que os praia-grandenses tenham nova oportunidade no mercado de trabalho.”

As palestrantes explicaram sobre as oportunidades que surgem quando as pessoas estão desempregadas. “Às vezes a pessoa que te puxa o tapete, está te dando uma nova oportunidade de um emprego melhor. Ao ser demitido a pessoa deve esfriar a cabeça. Isso deve ocorrer no primeiro dia em que ela fica desempregada. Depois é preciso ter calma e começar a se planejar. Esse é o momento de tirar o que a situação tem de melhor”, explicou Luciana.

No encontro foi citado o livro “Pollyana”, na qual a personagem usa o jogo do Contente. Ela é uma otimista incurável e não aceita desculpas para a infelicidade. Empenha-se de corpo e alma em ensinar às pessoas o caminho de superar a tristeza e os momentos difíceis da vida.

Ao longo da sessão os participantes se interaram sobre o que fazer quando o desemprego surge e quais os motivos que o levaram a esta condição. Outro ponto debatido foi como recomeçar na área profissional. “É preciso fazer um planejamento, aproveitar o momento para fazer uma reciclagem profissional, fazer uma viagem, mesmo que curta, para que seu cérebro possa criar novas possibilidades”, comenta à psicóloga.

Para que o planejamento seja bem sucedido as palestrantes explicaram que tudo deve ser colocado no papel, desde as contas que se tem para pagar durante o mês, até as viagens programadas, os próximos passos para se conseguir um novo trabalho, ou até realizar um serviço como microempreendedor individual (MEI). E para que tudo isso esteja no papel é preciso desenvolver algum serviço que venha do coração.

Após isso, com todo o planejamento já feito, as organizadoras explicaram que é a hora de fazer um currículo. “O currículo deve sempre deixar uma curiosidade para que o recrutador possa te conhecer. Suas qualidades devem ser evidenciadas nele, pois são esses detalhes que fazem com que o recrutador o chame para uma entrevista”, ressalta Lenir.

Outra dica que foi passada na sessão é de fazer uma auto- análise, ampliar o networking e usar as redes sociais ao seu favor além de abrir-se para o novo e ouvir as possibilidades que o mercado tem a oferecer.

Recomeçando- Moradora do Bairro Tupi, Jaqueline Santana de Lima, 24 anos, está procurando uma oportunidade de emprego na área de Atendimento Financeiro, como operadora de caixa. Ela já trabalhou em alguns supermercados e durante o período que está buscando uma nova oportunidade de emprego, ela tem feito diversos “bicos” para se manter. Jaqueline ficou sabendo das sessões, por meio de uma rede social da Administração Municipal. Para ela o curso foi enriquecedor e por isso, a operadora de caixa vai continuar participando das sessões até que surja uma nova oportunidade em sua área. “Estou encaminhando diversos currículos para trabalhar na minha área. Hoje foi o primeiro dia que eu participei das sessões e pretendo vir mais vezes, porque estou aprendendo muito.”

Morador do Bairro Riberópolis, Júlio César Pereira, de 23 anos, está procurando emprego há cinco meses e durante esse tempo também realiza diversos “bicos”. “Aprendo bastante durante as sessões e as informações que são passadas aqui estão me ajudando muito na busca por um novo emprego.”

Sessões- Os interessados em participar das sessões devem ter idade mínima de 16 anos e comparecer na Sedettra, localizada as Avenida Ministro Marcos Freire, 6.650, Bairro Quietude, sempre às 14 horas nos dias indicados. Nos encontros os participantes devem levar seus currículos.

Confira o calendário das próximas sessões sempre das 14 às 15 horas:

25 de Maio- O que o Facebook tem a ver com meu emprego?
8 de Junho- Imagem é tudo
22 de Junho- Com que roupa eu vou?
6 de Julho- Como elaborar um currículo?
20 de Julho- Como procurar um emprego?
3 de Agosto- Marketing Pessoal
17 de Agosto- Como elaborar um currículo?
14 de Setembro- Como procurar emprego?
28 de Setembro- Apresentação Pessoal
26 de Outubro- Marketing Pessoal
9 de Novembro- Perdi o emprego, e agora?

Comentário

comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×